Beco Diagonal ― do seu jeito sempre
Rowling confessa ter pensado em matar Rony


Embora Rowling não seja famosa por dar finais felizes aos seus personagens mais queridos pelo público - vide Dumbledore e Fred Weasley, apenas para citar alguns exemplos - a autora nunca havia cogitado matar alguém do trio principal... isso até mais ou menos a metade da série, quando ela "não estava em um local feliz."

E a vida de quem estava em jogo? Nada mais, nada menos do que a do ruivo Rony Weasley, melhor amigo de Harry Potter e futuro par romântico de Hermione Granger.

A autora contou a Daniel Radcliffe, em mais um vídeo que estará presente nos extras do filme Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2:

"Ironicamente, eu planejei desde o começo que nem um deles morreria. Então, na metade do caminho, que eu acho que foi um reflexo de eu não me encontrar em um local feliz, eu comecei a pensar em pôr um fim em um deles. Só por despeito. 'Pronto, agora você definitivamente não pode mais tê-lo.' Mas acho, do fundo do meu coração, que embora eu realmente tenha considerado matá-lo, [eu não faria isso]."


">" type="application/x-shockwave-flash" wmode="transparent" width="425" height="350">


"É um alívio poder falar sobre tudo isso", ela adicionou, em meio a risadas.


Fonte: Leaky Cauldron

O que vocês teriam pensado sobre mais esta morte?



Categoria JK Rowling